Sindicato Intermunicipal dos Condutores Automotivos de Veículos Rodoviários da Praíba

Atendimento ao público de 8h00 às 12h00 e 13h30 às 17h00

(83)3508- 7774/3221- 4950
Facebook Twitter

02/02/2014


Taxistas cobram combate ao transporte clandestino de passageiros em Cabedelo

Taxistas cobram combate ao transporte clandestino de passageiros em Cabedelo

Reunião

Critérios para concessão de praças, fiscalização das já existentes e combate ao transporte clandestino de passageiros. Estes foram alguns dos temas discutidos durante reunião entre o presidente do Sindicato dos Taxistas da Paraíba, Antônio Henriques e o prefeito municipal de Cabedelo, Leto Viana.

Outros assuntos tratados foram a adoção de medidas visando disciplinar o funcionamento do sistema de "rádio-táxi" no município, sobretudo a proporção legal no número de veículos-habitantes,bem como vedar, a exemplo do que já ocorre em João Pessoa, a participação de táxis oriundos de cidades como Bayeux, Santa Rita, Alhandra e Conde.

Uniformização de procedimentos

"Demos continuidade também a entendimentos com vistas a firmarmos em conjunto com a prefeitura de João Pessoa uma uniformização de procedimentos com vistas a disciplinar, por exemplo, a permissão para apanhar passageiros entre esses municípios, desde que previamente contratados, mediante comunicação pelo taxista ao agente municipal de trânsito que se encontrar em locais de embarque e desembarque, acompanhada de identificação do cliente, através de nome completo e número do RG", destacou o presidente do Sindtáxi, Antônio Henriques.

Leto Viana garantiu que cumprirá com rigor sua função de gestor público, através de levantamento e fiscalização acerca das concessões de uso para taxistas, atendendo à verdadeira finalidade da eração de emprego e não apenas de troca por um carro novo por pessoas alheias à profissão. "Com essa visão de administração, ganha o município, que gera empregos e arrecada impostos pagos pelo taxista e este, que presta serviços à coletividade", afirmou.

Combate a clandestinos

Nesse contexto, ele também mostrou-se determinado a combater o transporte ilegal de passageiros, que pratica concorrência desleal e predatórias com ônibus e táxis, aproveitando percentual a ser definido de aproveitamento por meio de concessão de uso de praças ou táxi, para que não seja cometida injustiça social com pessoas que sobrevivem explorando esse serviço.

Por fim, Leto afirmou que buscará recursos federais para obras de mobilidade urbana, como faixas exclusivas para ônibus e táxis, diante da prioridade que o transporte coletivo de passageiros deve ter. Participaram do encontro o secretário do Sindtáxi, Adauto Braz e o secretário municipal de mobilidade urbana, Eusébio Antônio.

 


Comentários

© - 2013 Sindicato dos Condutores Autônomos de Veículos Rodoviários, Taxistas, Caminhoneiros e Condutores Auxiliares - Todos os direitos reservados

desenvolvido por Xsette